Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Crónica de um louco sentimental - Espera

autoria de Bruno C. da Cruz, em 24.07.05

 

Espera. Eu preciso de te passar a culpa que me pesa no vácuo que me transporta a alma. Este vácuo já é demasiado pequeno para a alma que me foge pelas bordas, quanto mais para carregar uma culpa que não me diz respeito... uma culpa que me ocupa alma e peito...

Espera. Eu preciso de te devolver o toque das tuas mãos que continua a aprisionar a minha pele. Quero livrar-me dele! A minha pele precisa de ter os poros livres para redescobrir o sabor de outros toques.

Espera. Eu preciso de te dar a minha carência. É a tua ausência que a provoca, por isso espera um pouco agora só para a levares embora.

Espera. Eu preciso de te falar das lágrimas que caem por ti. É por tua causa que elas me molham a cara e alimentam o fogo desta dor que nunca pára.

Espera. Eu preciso de te mostrar como sofro calado por não te ter ao meu lado... Espera, não vás...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:50


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.08.2005 às 10:52

cmo smpre um texto bem profundo .. a transparecer a karencia i a ausencia de amor de muitas almas neste mundo.. axo k knsegues transparecer de uma forma bastante bonita os sentimentos mais profundos e nobres. continua assim! o teu log esta simplesmente fantastico e os teus textos ja sao meus kompanheiros dakelas orinhas k paxamos a pensar no k s paxa a noxa volta. adoro passar por ka.
continua axim*
a proposito s kiseres teclar na msn : anocasita@iol.ptanocas
</a>
(mailto:anocasita@iol.pt)

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog