Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Crónica de um louco sentimental - Porque...

autoria de Bruno C. da Cruz, em 05.06.08

Porque hoje não é nenhum qualquer dia especial, nem tem forçosamente de o ser, para que eu diga que, no mundo, não há outro alguém que eu ame desta maneira que às vezes me faz sofrer de cegueira.

 

Porque hoje me apeteceu dizer que te amo. Porque gosto de sofrer destes apetites que me tiram o sono e me fazem pensar que és tu quem me devolve sempre o norte. Porque me fazes acreditar que no meio de muito azar também tenho muita sorte.

 

Porque às vezes contrarío o sono, mas nunca os sonhos, e fico aqui a sonhar acordado enquanto te escrevo um pouco do que sinto. Porque enquanto tu dormes e deixas que o escuro da noite te proteja os olhos, eu olho para ti e protejo-te nos meus braços com longos e apertados abraços.

 

Porque já é tarde no relógio que me gira no pulso mas nunca tarde o suficiente para te encher de palavras. Porque agora me vou deitar ao teu lado, calado, e o que tinha por dizer fica aqui aberto para quem quiser ler.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:58


16 comentários

Sem imagem de perfil

De Anjo a 20.06.2008 às 08:30

Nem sabes o quanto os teus textos me estão a marcar..parece que tudo que dizer se pode aplicar a mim..e parece que o consegues dizer de uma forma que eu nunca fui capaz de fazer..
Continua..

Comentar post




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog