Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Crónica de um louco sentimental - Alerta vermelho

autoria de Bruno C. da Cruz, em 22.06.07

Não são cacos partidos no chão. São pedaços de mágoa. O meu coração cospe-os e eu calco-os, na tentativa de fazer com que doa menos tudo aquilo que sinto. Mas ao calca-los corto os pés, também eles cansados de correrem por ti e atrás de ti.

Deixo que a música me embale e traduza o que sinto. Não choro pelos cacos que me entram nos pés… Choro sim por saber que um dia destes vou-te arrancar de mim. Vais ser memória, lembrança. Mas antes serás mágoa, raiva, revolta… Não serás dor. Dor já começaste tu a sê-lo. E como me dóis ultimamente!

Engraçado isto. Acreditei tanto em nós… E agora, nunca a descrença fez tão parte integrante de mim. Não me reconheço. Não sei como me tornei neste ser apático que insiste em assistir a este filme de final tão previsível. Como gostava eu de reescrever o nosso fim… 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:49


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Janne a 02.07.2007 às 14:42

Apesar de termos o final tão previsivel dos nossos filmes ficamos sempre à espera que apenas um acto ou uma simples palavra mude tudo...
Apesar de sabermos que não vai acontecer ficamos até ao ultimo momento porque a isso chama-se amar....

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog