Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Palavras no ar

autoria de Bruno C. da Cruz, em 11.09.06

Nos diálogos rotos que tenho comigo próprio, as palavras que caem ao ar dizem que eu gostava de te proteger dos males do mundo. E como gostava, meu amor! Mas já que proteger-te dos males do mundo não é algo de que eu seja capaz, vou tentar ao menos nunca te fazer mal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:35


1 comentário

Imagem de perfil

De kellynha a 11.09.2006 às 22:31

PRIMEIRA!
que interessante!
Meio sem me tocar vim para aqui!
a te ver!
Tudo bom com voce?
Comigo ta tudo otimo!
Sabe que faz tempo que nao fico tao feliz!
E olha que eu nem sei porque!
Mas estou feliz!
A linda poesia!
estou fazendo propaganda sua no meu blog do terra!
tambem, quem manda voce escrever tao bem!
Sabe, aprimeira vez que vim aqui, li algo muito interressante.
dizia o que voce achava dos pais!
Meio depressivo!
Concordo em parte!
Mas so em parte!
Meu pai nao e tao ruim assim!
Mais a melhor maneiro de esquecer tudo isso e perdoar,
Nem sei porque voce tem tanta raiva dele.
mais e melho r deixar de lado!
Bem, tenho que ir, ate mais.
Kellynha

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog