Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Eu näo te disse adeus...

autoria de Bruno C. da Cruz, em 01.08.06

Eu näo te disse adeus. O adeus mata quem parte e afoga no vazio  quem fica. Apenas te dei aquele beijo e aquele abraço forte que, como sempre, foram retribuidos com aquela ternura matinal que só tu tens. O primeiro beijo e o primeiro abraço sempre foram teus. O segundo também. O terceiro. Os seguintes. Tudo foi teu. Tudo é teu. Tudo. Eu.

 

Nessa manhä os primeiros beijos e abraços foram também os últimos. Foram dados com sede. Uma sede que ainda agora trago dissolvida na boca e abraçada ao meu peito. O sabor da despedida é amargo... Por isso digo-te Até logo meu amor, baixinho para o meu coraçäo näo ouvir, porque um simples até logo me faz ter medo da distância...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:57


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.08.2006 às 01:24

Não conhecia... Agora conheço. Agora não dispenso. Também sou um dos que pensa que o mundo é redondo. Parabéns...

Mike N

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog