Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Hotel

autoria de Bruno C. da Cruz, em 19.08.04

A noite sempre cheirou a sombras e veste-se únicamente de escuridão. Um dia, convidou todas as luas e estrelas para dormirem cosidas na sua mão e, a partir daí, nunca mais se largaram.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:45


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.08.2004 às 19:12

Rapaz, de onde vem a tua inspiração? é que eu tb gostava de poder jogar assim c as palavras cm tu jogas... escreve um livro com esses poemas, pk tens jeito pa isso, já te disse... se kiseres eu ponho as minhas connections em andamento... 1º tenho é de tê-las...lol!um abraçoRicardão
(http://blogadelas.blogs.sapo.pt/)
(mailto:num tenho@hotmail.com)

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog