Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O mundo da lua

autoria de Bruno C. da Cruz, em 13.11.04

O que me faz mais falta,

aqui na lua, não é o ar…
É o luar!
Daqui não posso ver
essa luz mas ao menos
posso ver a luz do teu olhar
que reflecte o brilho
do luar…
Sinto então saudades
é do teu olhar
concentrado no luar,
quando à noite
sonhávamos à sombra
da lua.

Na lua não te tenho
mas tenho espaço…
E tenho aquele abraço
que prometia não te deixar
mas que no fim de contas
veio também comigo,
preso aos meus braços.
Agora não te tenho
para te abraçar.
Não tenho a quem emprestar
os meus braços…
Mas tenho espaço!

Na lua estou sozinho.
Mas não há regras,
não há destino,
não há caminho.
Não há ninguém para
me condenar
e tenho espaço
para pensar.
Não te tenho a ti,
repito, mas penso em ti.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:14


38 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.11.2004 às 23:09

não te (tenho)
mas imagino
que (sim)
T
e
n
h
o-tewearetwo
(http://longedamultidao.blogspot.com)
(mailto:wearetwo22002@yahoo.com.br)

Comentar post




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog