Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Astro poeta

autoria de Bruno C. da Cruz, em 06.06.05

 

Não há nada como ver o sol e pensar
que somos filhos desse grandioso astro,
que transforma a noite, escura e sombria,
em dias de brilho que reluzem a sua capa no mar.
O sol nasce e a vida acorda,
dando lugar a uma nova poesia
de face voltada para aqueles que amam.
E então tu que, como eu, amas o sol,
renegas à escuridão da negra noite
e revoltas-te juntamente com o mar,
para assim um novo dia fazer nascer,
ou esperar que ele nasça.
Eis que ele nasce e começa tudo de novo...
Um dia igual a tantos outros, em que o sol
aparece perdido no céu,
a piscar os raios às gentes que pintam
os corpos na praia com um pouco
do tom dourado dessa luz.
Sabe-se que é Verão
e que tão cedo o sol não se esconderá
entre os ventos da chuva fria
que tão friamente molha os corpos
dourados que comeram a luz do sol
enquanto este comia poesia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:40


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.06.2005 às 12:07

num circular raio de Sol o regresso à fonte/origem. Bjs e ;)TMara
(http://estranhosdias.blogspot.com/)
(mailto:Tostimara@gmail.com)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.06.2005 às 11:58

que lindo sol!!! ;) que linda poesia... :)tartaruga
(http://aexplanada.blogs.sapo.pt)
(mailto:teresafilipa@sapo.pt)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.06.2005 às 11:18

O teu blog está lindo como sempre. Por vezes tenho epna de não vos poder acompanhar com mas frequencia... Abraço enorme.Tiegas, o sapinho
(http://naturalezamuerta.blogs.sapo.pt)
(mailto:ruicsd@gmail.com)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.06.2005 às 10:52

Belo poema, bela imagem :) Beijo grandesylpha
(http://almanua.blogs.sapo.pt)
(mailto:sylpha@sapo.pt)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.06.2005 às 20:11

Olah rapaz!! Tenho apenas 16 anos, mas desde o dia que, por mero acaso, encontrei o teu blog aki neste mundo da net, nunca mais de cá descolei o meu olhar (coloquei-te nos meus favoritos!! :P) Quero apenas, humildemente, poder dar-te os meus sinceros parabens por tudo o k sentes e nao sentes e k tao bem expressas por palavras. Sei que tenho pouca experiencia de vida, mas identifco-me com imensas das situaçoes "vividas" pelo teu eu poético. Sei tambem que comentarios como este deves estar fartinho de ler (tambem eu faço questao de os ler :P) mas, enfim, tinha de te dizer isto!! OBRIGADA!!! :DJoana Rita
(http://jonik4s@hotmail.com)
(mailto:jonik4s@hotmail.com)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.06.2005 às 13:45

K imagem linda...by rapaz ainda para mais... lindo lindoooo. o poema muito lindo tb...mar e akela base... bjks pa ti "mano"

Ps-th uma koisa para ti...knd tives no msn fala pa mimMirts
(http://mirts.blogs.sapo.pt)
(mailto:veggie_power86@hotmail.com)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.06.2005 às 08:48

Adoro o sol, o sol k nos akece...Adoro o mar, o mar que conversa cmg, a praia...o calor...Adoro o Verão!Nota-se que em cada tema que pensas a poesia flui...tens um dom rapaz, aproveita-o...AbraçosNeco
(http://www.imgay.blogs.sapo.pt)
(mailto:ccbaixinho@hotmail.com)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.06.2005 às 05:29

É tão bom acordarmos todos os dias e podermos ver o Sol, mas melhor é podermos escrever sobre ele, ou simplesmente escrever sobre a natureza! Todos os dias a nascem poetas por todos nós. Gostei de cá voltar! abraçonuno
(http://cem-ideias.blogspot.com)
(mailto:nuno@nuno.pt)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.06.2005 às 01:33

gostava de conseguir renascer com o sol..tu consegues?Poem
</a>
(mailto:smafalda@net.sapo.pt)

Comentar post




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog