Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Crónica de um louco sentimental- Faz algum tempo...

autoria de Bruno C. da Cruz, em 13.06.05

 

 

Faz algum tempo que não te escrevo, que não te penso, não te bebo, não te desejo e não te quero. Faz algum tempo que não te espero. Será que estou a aprender a deixar-te livre no meu passado?

Faz algum tempo que a música me soa diferente, já não te sinto em cada nota. Faz algum tempo que o teu cheiro deixou de me acompanhar e de me levar ao desespero. Faz algum tempo que voltei a ver para além de ti e que percebi que há mais gente aqui à minha volta. Será que aprendi a deixar-te solta no meu passado?

Faz algum tempo que as minhas mãos são só minhas e transpiram sozinhas, já nem elas procuram por ti. Faz algum tempo que já não me atormentas com as tuas palavras fora do prazo de validade. Faz algum tempo que nem saudade sinto. Será que a minha loucura afinal sempre teve cura e eu nunca me apercebi? Ou será que estou a ficar louco por achar que te esqueci?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:13


27 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.09.2005 às 00:35

a musica é o maximo e o txto tb, parabensklipomaniaco
</a>
(mailto:kicho_cheng@hotmail.com)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.09.2005 às 02:02

( Emoçao.....
que me roubou o sono..
os sonhos...)

Você é digno de todos os louros Claudio.


bjs.
Mila
(http://ponky.multiply.com)
(mailto:eu_ponky@yahoo.com)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.08.2005 às 16:42

ola rapaz
leio-te apenas há umas escassas horas, ia a passar e resolvi entrar, não contava demorar-me mas à quele apontamento "espera", estaquei pensando como somos todos homens e mulheres tão parecidos, todos esperamos alguém ou algo de alguém. mesmo quando pensamos ter esquecido, todos todos todos, já ficámos um momento suspensos enquanto a vida passava pelo vacúolo imenso e agridoce da saudade. Posto este comentario teimoso após várias tentativas frustadas. Parabéns pelo blog. sei que já me alonguei, vou e volto pra n cansar. Não estamos sós. Mesmo quando somos nós os esquecidos. bj da nana.nana
</a>
(mailto:nanawithu@hotmail.com)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.06.2005 às 19:58

faz algo tempo que estou assim tb...abox
(http://aboxinha.blogspot.com/)
(mailto:xobinha@hotmail.com)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.06.2005 às 04:57

olá.....um beijo grande,tou com saudadesMaria
</a>
(mailto:Maria40@yahoo.com)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.06.2005 às 23:08

à medida k o tempo passa akilo k nos perturba vai ficando adormecido assim como um animal feroz k dorme e por vezes lá é despertado outra vez por um cheiro, som, cor...enfim.. :)lana
(http://mysoulpieces.blogspot.com/)
(mailto:lana_igor@hotmail.com)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.06.2005 às 22:45

Fazia algum tempo que alguém não me fazia sentir algo forte como senti agora ao ler o teu texto...
ParabénsMisunderstood
(http://cafedesconcerto.blogspot.com)
(mailto:naohacoincidencias@iol.pt)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.06.2005 às 18:52

Sabe smp bem fazer uma visita ao teu mundo, obg pela porta aberta...música lindaMiga
</a>
(mailto:naotafacil@sapo.pt)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.06.2005 às 17:14

Olá! O tempo passou...sentiste-te diferente, eu também. No entanto não consigo expressar-me desta forma. bonito texto, ficção ou realidade, não interessa. beijocas, biga biga
(http://vozesdomar.blogs.sapo.pt)
(mailto:mgjcalmeida@sapo.pt)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.06.2005 às 17:00

Louco é aquele que não sente ou se recusa a sentir para não sofrer... Palavras emoções que tocam cá dentro... Gostei de te ler. Beijosmadalena
(http://madalena.blogs.sapo.pt)
(mailto:madalena_ruiva@sapo.pt)

Comentar post


Pág. 1/3




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

  Pesquisar no Blog